Arquivo do mês: abril 2010

Aulas UFF Campos

As aulas na UFF Campos já se iniciaram no dia 05 de Abril para todos os cursos, tendo o funcionamento nos módulos habitacionais. Apesar da adequação tudo ocorreu de forma tranquila, mesmo com alguns poréns. Queremos deixar a ressalva que pressionaremos para que saia logo (de preferência hoje) o acesso para as pessoas com deficiências.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

32º ERESS (Encontro Regional de Serviço Social) – Belo Horizonte

O Encontro Regional dos Estudantes de Serviço Social – ERESS  é o encontro máximo de deliberação em cada região, que tem por objetivo reunir , anualmente, os estudantes de toda região v (MG,ESeRJ) em torno dos temas referentes á conjuntura, universidade, movimento estudantil, formação profissional, cultura e outras questões especificas.

Esse ano, 2010 o ERESS será realizado em belo Horizonte, no CEFET entre os dias  23,24 e 25 de abril.

Os principais obletivos desse encontro são:

-Propiciar o debate entre os estudantes da região V para aprofundamento teórico , metodológico e ético-político da profissão.

– Construir coletivamente  estratégias   políticas com base na educação popular   de modo a  enfrentar as diferentes formas da questão social .

– Debater  a inserção dos Assistentes Sociais nos diferentes campos de atuação profissional bem como os seus desafios.

-Incentivar os estudantes a participarem do Movimento Estudantil de Serviço Social e dos demais movimentos sociais

*Os valores ainda estão em discussão, mas a princípio são:

70,00=  alimentaçao + alojamento + inscriçao

40,00 = inscriçao

OBS: estes valores sao so ate dia 12/04/2010, após esta data os valores serao 80,00 e 50,00 respectivamente.

As inscrições são realizadas no site oficial do ERESS, que contém também maiores informações sobre o Encontro: 

http://www.dasminas.com.br/eress/index.htm

* Importante lembrar que é necessário levar colchonetes ou barracas para alojamento.

ISCRIÇÕES PARA O ÔNIBUS DE CAMPOS  AQUI (APENAS ALUNOS DE SERVIÇO SOCIAL), ATÉ QUARTA-FEIRA, DIA 07/04/2010. BASTA DEIXAR UM COMENTÁRIO CONTENDO:

*NOME COMPLETO;

*RG;

*CPF;

*ÓRGÃO EXPEDIDOR DO RG;

*NÚMERO DE MATRÍCULA;

*TELEFONE;

*PERÍODO.

IMPORTANTÍSSIMOOOOOOOOOOOOOOOO!

As vagas estão sujeitas a sorteio caso o número de inscritos exceda a oferta dessas. FAVOR CONFIRMAR A INSCRIÇÃO NO DACOM, A PARTIR DO DIA 12/04/2010 AO DIA 14/04/2010, PERANTE ASSINATURA DO TERMO DE COMPROMISSO E APRESENTAÇÃO DO COMPROVANTE DE PAGAMENTO DE INSCRIÇÃO NO ERESS.

ATENÇÃOOOOOOOOOOOOO

 

O ÔNIBUS SAI NO DIA 22/04/2010 ÀS 20:00, POIS SÃO 12 HORAS DE VIAGEM.

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Luta por Espaço – Precarização (parte 1)

Prezados estudantes,

Viemos por meio desta postagem, esclarecer a situação atual da UFF Campos quanto ao espaço físico e estrutural optado por meio de variadas reuniões que se iniciaram no final do ano passado e “terminaram” no dia 15 de março de 2010. Como é de conhecimento geral, o REUNI é conhecido pela sua inclusão sem preparação, ou seja, ele cria novas vagas e novos cursos na Universidade sem estar preparado estruturalmente para recebê-los. Conosco não foi diferente, no meado do ano passado houve a inclusão três novos cursos na Universidade que não tinha espaço físico para serem abrigados.

Então como medida provisória dois cursos foram instalados em duas salas (por sinal em condições precárias) na FDC e um curso (Ciências Econômicas) ficou funcionando no horário diurno, pois tinha maior disponibilidade de salas.

Porém este ano não poderia continuar da mesma forma, pois a tendência é dobrar a cada semestre o número de alunos, com o passar dos períodos. A Direção tinha que conseguir um lugar que abrigasse todos os alunos, até que as obras do novo Pólo da UFF Campos (na 15 de novembro) ficassem prontas.

E enquanto o novo prédio do Pólo não sai, resolveram construir um segundo andar no prédio do antigo da UFF, então não teríamos nem mesmo estás salas para abrigar os alunos. Também nessa reforma entrou a biblioteca que não poderia funcionar no lugar de sempre e nem com a estrutura de sempre.

A partir destas conclusões, começou-se o processo de procura do lugar que abrigaria todos nós. O novo DA propôs dois lugares: a FDC (pela proximidade do pólo atual) e a Universo (por ser de fácil acesso, por estar na 28 de março). A Direção propôs o CEOF e os módulos habitacionais. O ano de 2009 terminou sem que conseguíssemos chegar uma conclusão, pois esperávamos as proposta deste três lugares por escrito, para podermos comparar.

Já no dia 5 de Janeiro retomamos as reuniões com a direção, com muitas preocupações e dúvidas. A princípio não aceitamos a proposta do contêiner por termos uma experiência negativa em relação a Rio das Ostras (cuja situação é muito ruim e estão em contêineres até hoje e porque achavamos que estando fora da UFF conseguiríamos fazer maior pressão para que as obras ficassem prontas mais rápido) e também não estávamos muito inclinados a aceitar o CEOF pela seguinte questão: e muito distante, não tem segurança (a noite é muito deserto) e principalmente por não termos transportes (dobra o número de ônibus para irmos para lá), apesar da proposta de levar a biblioteca para lá e também algumas estruturas administrativas. Insistimos então na proposta da FDC e da Universo.

Visitamos junto com funcionários e professores os lugares aos quais poderíamos ficar. Sendo que a Universo se colocou fora deste processo alegando que não haveriam mais as salas propostas inicialmente porque seria montado cursos de pós-graduação nessas salas oferecidas.

E o tempo corria contra nós, pois nenhum dos lugares apresentavam as condições necessárias para nós. Nem os alunos, nem funcionários, nem professores estavam satisfeitos com as condições do CEOF e da FDC. As salas do CEOF eram muito pequenas e não tinha nada pronto, o dono do colégio se propôs a construir e modificar as salas, mas a incerteza nos assombrava.

Quanto a FDC as salas eram totalmente separadas umas das outras, algumas em condições muito ruins. Sem contar que não nos “recepcionaram” da melhor forma. O diretor da FDC simplesmente faltou uma reunião onde discutiríamos o acerto ou não de contrato.

Estávamos pressionados a resolver por causa do tempo e não víamos as condições necessárias para aceitar nenhuma das opções.

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Luta por espaço – Contêiners (parte 2)

Diante dos fatos citados anteriormente, resolvemos voltar atrás quanto a opção de estudar nos módulos e após ter observado bem o espaço, a refrigeração e todos os outros aspectos, fomos UFF Niterói para conversar com DCE e tentar conversar com o Reitor Roberto Salles. Segue abaixo a ata da reunião com o DCE:

Ata da Reunião com o DCE

Após a reunião com o DCE, conseguimos marcar uma reunião com Reitor Roberto Salles e nesta reunião expomos todos os problemas do CEOF e da falta de opção a qual nos encontrávamos, pedimos que ele entrasse em contato com a Reitora da Universo, para saber se realmente se esgotaram as possibilidades e dissemos que se não conseguirmos com a Universo, preferiríamos então ficar com os contêineres. Ele nos ouviu e concordou, disse que faria o possível. Conhecemos a assessora que estava responsável pelo Pólo de Campos em Niterói e mantivemos contato com ela por email durante o processo de negociação com a Reitora da Universo. Logo após uma semana fomos comunicados que a Universo realmente não poderia nos ceder espaço. Então fizemos uma reunião com a direção e expressamos a nossa decisão a favor do contêiner, dessa reunião foi feito uma ata que foi enviada a Niterói para oficializar essa decisão. Na semana após essa reunião enviamos um representante nosso ao CUV (Conselho Universitário) para ler uma Carta na qual expunha a nossa situação aos Conselheiros e demais membros presentes.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Luta por espaço (parte três)

Muita gente deve estar pensando que o problema foi solucionado com a Carta ao CUV e com a visita ao Reitor, mas aí se enganam. Após a semana do CUV, uma semana antes da acolhida, o Reitor nos convoca para uma reunião em Niterói. Porém por motivos de saúde não pudemos mandar ninguém a reunião e a mesma foi transferida para Campos. E então nos foi comunicado que não seria possivél as instalações nos conteiners e que teria que ser no CEOF.

Então pedimos explicações plausiveis para aquela decisão. E nos foi colocado que tinha ficado caro, que não havia estudo do terreno aonde ia ser colocado os conteiners e isso demoraria, que a UFF não tinha capacidade elétrica para isso, etc. Porém nenhuma dessa questões nos parecia forte o suficiente para irmos para o CEOF. Então colocamos as soluções para tal situação. Quanto a ficar caro, abrimos mão do auditório que haviamos pensado junto com o arquiteto da firma, abrimos mão também de utilizar os três ar condicionados pois com apenas um (como solução elétrica), já resfria o suficiente, quanto ao estudo do solo, não é possivel que ele não tenha sido estudado pelo fato de que já havía um conteiner no terreno e para monta-lo foi feito um estudo do solo por inteiro. 

Ao fim da reunião ficou acordado que seria realmente o conteiner, tal fato foi confirmado no mesmo dia da acolhida. Então começou a corrida da parte juridica e burocrática para que os conteiners fossem instalados o mais rápido possível. E por ser um processo muito demorado, houve o atraso das aulas e por isso entramos em acordo com a coordenação para que fosse feito as duas semanas acadêmicas, sendo a primeira montada e dirigida pelo DACOM e a segunda  sob a responsabilidade da Coordenação, respectivamente a semana da Diversidade e Direitos Humanos e a semana de palestras direcionadas as temáticas de cada Curso.

Para finalizar queremos apenas agradecer a algumas pessoas pelo apoio durante o processo de luta pelo espaço, pois sem elas realmente não seria possível ter conseguido fazer valer a escolha que melhor se adequou aos estudantes diante das circunstâncias: Madureira (por ter sido tão pontual e estado com a gente nos momentos cruciais), ao DCE (por ter se reunido mesmo com todas as dificuldades, nas férias, para nos apoiar e nos ajudar a pensar sobre tudo que parecia estar tão confuso), a alguns funcionários e alguns professores (que nos mostraram que insitir nessa escolha era o certo e que nos apoiavam, dando firmeza as nossas decisões) e ao Engenheiro Navarro (pela sua paciência em nos explicar as partes técnicas, pela firmeza ao exigir das empresas o melhor e nunca menos que isso, pela sua disponibilidade e apoio, pela troca de experiência).

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Carta ao CUV

Carta ao CUV

Senhores aqui presentes no CUV – conselheiros, estudantes e Magnífico Reitor,

Viemos por meio desta carta, informar e relatar a situação atual do Pólo de Campos dos Goytacazes.

No ano letivo de 2009, teve início o efetivo processo de expansão  do Pólo de Campos com a chegada de três novos cursos: Ciências Econômicas, Ciências Sociais e Geografia. Contudo, apenas o curso de Ciências Econômicas ficou na UFF, pois a infra-estrutura da sede não podia confirmar os outros dois cursos que funcionaram no último semestre em duas salas cedidas pela Faculdade de Direito de Campos, uma instituição de ensino superior privada da região.

Desde o final do mesmo ano vem sendo discutido entre o Movimento Estudantil e a Direção do Pólo um novo espaço para comportar todos os alunos, que aumentará gradualmente a cada semestre, até que seja construído o novo prédio da UFF em Campos com todo aparato necessário para receber os novos cursos, juntamente com o Serviço Social que se encontra na cidade há mais de 40 anos.

Ocorre que o grande desafio no momento está sendo achar o local que melhor se adequa as demandas dos alunos. Primeiramente, foi proposto pelo movimento estudantil do Pólo que fosse alugado um espaço maior e mais confortável na FDC, local próximo a sede da UFF em Campos, facilitando, portanto, o desenvolvimento de pesquisas, que continuarão sendo realizadas no atual prédio da UFF, bem como o acesso à toda secretaria/administração Como segunda opção, também foi proposto nos mudar para a UNIVERSO, que está também em local de fácil acesso e transporte.

Pela direção, foi proposto o CEOF, escola de ensino pré-fundamental particular de Campos, que desde o primeiro momento causou certa rejeição dos alunos, por estar distante da sede e oferecer risco de segurança aos alunos.

Infelizmente, das propostas levantadas, apenas o CEOF apresentou toda a documentação necessária e no tempo hábil. Porém, por entendermos que o CEOF causaria realmente um grande transtorno a todos os alunos, solicitamos na última semana uma reunião com o Magnífico Reitor Roberto Salles na qual, defendemos uma última tentativa de contato com a UNIVERSO e também o aluguel de módulos habitacionais como último recurso. Entretanto, inicialmente rejeitados, entendemos hoje, diante de novos cenários, que os containeres se mostram como a melhor opção para acolher provisoriamente nossa instituição e os novos alunos.  

Concluindo, esperamos sinceramente que seja escolhida a proposta mais adequada para todos, principalmente para os alunos, os maiores interessados, assim também como os maiores prejudicados, qual seja, OS CONTÂINERES.

Agradecemos a todos a atenção.

Movimento Estudantil – Campos dos Goytacazes

Niterói, 19 de janeiro de 2010.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized