Luta por espaço (parte três)

Muita gente deve estar pensando que o problema foi solucionado com a Carta ao CUV e com a visita ao Reitor, mas aí se enganam. Após a semana do CUV, uma semana antes da acolhida, o Reitor nos convoca para uma reunião em Niterói. Porém por motivos de saúde não pudemos mandar ninguém a reunião e a mesma foi transferida para Campos. E então nos foi comunicado que não seria possivél as instalações nos conteiners e que teria que ser no CEOF.

Então pedimos explicações plausiveis para aquela decisão. E nos foi colocado que tinha ficado caro, que não havia estudo do terreno aonde ia ser colocado os conteiners e isso demoraria, que a UFF não tinha capacidade elétrica para isso, etc. Porém nenhuma dessa questões nos parecia forte o suficiente para irmos para o CEOF. Então colocamos as soluções para tal situação. Quanto a ficar caro, abrimos mão do auditório que haviamos pensado junto com o arquiteto da firma, abrimos mão também de utilizar os três ar condicionados pois com apenas um (como solução elétrica), já resfria o suficiente, quanto ao estudo do solo, não é possivel que ele não tenha sido estudado pelo fato de que já havía um conteiner no terreno e para monta-lo foi feito um estudo do solo por inteiro. 

Ao fim da reunião ficou acordado que seria realmente o conteiner, tal fato foi confirmado no mesmo dia da acolhida. Então começou a corrida da parte juridica e burocrática para que os conteiners fossem instalados o mais rápido possível. E por ser um processo muito demorado, houve o atraso das aulas e por isso entramos em acordo com a coordenação para que fosse feito as duas semanas acadêmicas, sendo a primeira montada e dirigida pelo DACOM e a segunda  sob a responsabilidade da Coordenação, respectivamente a semana da Diversidade e Direitos Humanos e a semana de palestras direcionadas as temáticas de cada Curso.

Para finalizar queremos apenas agradecer a algumas pessoas pelo apoio durante o processo de luta pelo espaço, pois sem elas realmente não seria possível ter conseguido fazer valer a escolha que melhor se adequou aos estudantes diante das circunstâncias: Madureira (por ter sido tão pontual e estado com a gente nos momentos cruciais), ao DCE (por ter se reunido mesmo com todas as dificuldades, nas férias, para nos apoiar e nos ajudar a pensar sobre tudo que parecia estar tão confuso), a alguns funcionários e alguns professores (que nos mostraram que insitir nessa escolha era o certo e que nos apoiavam, dando firmeza as nossas decisões) e ao Engenheiro Navarro (pela sua paciência em nos explicar as partes técnicas, pela firmeza ao exigir das empresas o melhor e nunca menos que isso, pela sua disponibilidade e apoio, pela troca de experiência).

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s