10 Motivos para votar SIM no plebiscito contra os Cursos Pagos

 1. Cursos Pagos em Universidade Pública

Veja o que diz a constituição: Art.206.

O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios: (…) IV – gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais.

2. Não dependemos desse dinheiro.

Pelo contrário, a maioria dos Cursos Pagos se utiliza do patrimônio público para fins privados. Dos recursos dos Cursos Pagos 30% vão para a UFF e 70%… bem, imagine.

 3. Utilização do espaço público para fins privados.

Os Cursos Pagos são oferecidos utilizando o espaço físico da UFF. Em alguns casos determinados, os espaços são privativos destes cursos.

 4. O estudante de Cursos Pagos paga duas vezes.

A UFF, desde a sua fundação, vem sendo construída com os recursos públicos. Toda a população brasileira contribui financeiramente, através de seus impostos, para que a Universidade Pública seja gratuita e de qualidade. O estudante de graduação ou de pós-graduação, seja strictu ou lato sensu, e a sua família já pagam a Universidade através de seus impostos. Não é justo que pague mensalidade.

5. Quebra do Regime de Professor de Dedicação Exclusiva (DE).

 A imensa maioria dos professores da UFF trabalha em regime de Dedicação Exclusiva, ou seja, os professores DE recebem seus salários para se dedicar, em termos profissionais, integralmente ao ensino, pesquisa e extensão na UFF. Há por lei (Lei n° 7.596/87 e Decreto nº 94.664/87 – artigos 14 e 15) o “impedimento do exercício de outra atividade remunerada, pública ou privada”, com algumas exceções, entre as quais NÂO consta nada que possa se referir a Cursos Pagos. Mas com a prática ilegal de Cursos Pagos e a possibilidade de uma remuneração a mais, chegamos ao absurdo de alguns professores, além de receberam seus salários, recebem também um plus (uma bolsa) para exercerem uma função para qual eles já são remunerados, lecionar nos cursos da UFF. Além de ilegal, essa prática faz com que haja uma desigualdade “financeira” entre os professores da UFF: recebem menos os que dão aula apenas em cursos gratuitos. Certamente isso não ajuda na dedicação dos professores na graduação, no mestrado e do doutorado.

6. Autonomia

]Quando a Universidade parte para alógica de arrecadação através desses cursos, passa a “depender” deles e ter uma visão estritamente, de mercado, perdendo a autonomia em suas escolhas.

7. Contribui para privatização em larga escala.

Cursos Pagos não são um privilégio da UFF. Em muitas universidades essa é uma realidade, em outras já caíram pela justiça. Mas o fato, é que o MEC também trabalha com essa lógica da arrecadação própria das Universidades através desses cursos, e demonstra a tendência de uma responsabilização cada vez menor do Estado com a Educação. Podemos encontrar paralelos em outras esferas, como a Saúde Pública.

8. Utilização do nome da UFF para fins privados.

A UFF é um patrimônio público, construído com a contribuição financeira de todo povo brasileiro e com o trabalho de professores, funcionários e estudantes. Sua qualidade se deve principalmente a isso. Não é aceitável que alguns se utilizem dessa história e do nome da UFF como se fosse uma grife para venderem serviços de educação.

9. Nos Cursos Pagos só entra quem pode pagar.

De maneira ainda mais perversa, os Cursos Pagos fazem com que seja critério para um cidadão se tornar estudante da UFF, a sua condição social. Nega àqueles que não possuem condições financeiras o acesso a determinados cursos. Vale lembrara que o Brasil é recordista em índices de desigualdade social no mundo todo. A UFF não pode ajudar a perpetuara essa lógica.

10. Alguns se acham donos da UFF e fazem dela um balcão de negócios.

 Algumas pessoas da UFF têm se achado donas de determinadas unidades da UFF, porque oferecem um ar condicionado, um data-show, um aquilo outro, em troca de apoio e da perpetuação do poder. Fazem da UFF um balcão de negócio em que se negocia favores políticos e privilégios de muitas espécies.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s